terça-feira, 8 de março de 2011

Alguns objetivos gerais e específicos da Musicalização Infantil





  • Interpretação e criação de canções
  • Brinquedos cantados
  • Brinquedos rítmicos
  • Trabalho vocal através de jogos musicais
  • Jogos que reúnem som, movimento e dança
  • Jogos de improvisação
  • Sonorização de histórias e poesias
  • Invenção e interpretação musical, explorando a criatividade como meio de exploração e exercício musical
  • Percepção sonora e musical: a escuta atenta, apreciação, concentração.
  • Reflexões sobre a produção e a escuta.
  • Brincadeiras com a voz
  • Aquecimento vocal
  • O silêncio x o som
  • Acalantos (cantar e embalar suavemente em momentos de relaxamento, alongamento e atividades que proporcionem momentos mais tranqüilos)
  • Brincos e parlendas (parlendas são brincadeiras rítmicas com rima e sem música, já os brincos são geralmente cantados, envolvendo pouco som e movimento corporal- cavalinho, balanço, serra-serra...)
  • Repertório musical que parte da legítima música da cultura infantil e que procura integrar vários gêneros e estilos musicais de diversas épocas e culturas
  • Brinquedos de roda
  • Elaboração de arranjos
  • Bandinha rítmica
  • Promover o direito de brincar com a música, mostrando que é uma necessidade para o desenvolvimento da criança;
  • Dar oportunidade à criança de escolher livremente como, com quem, onde quer brincar, ou seja, brincar pelo brincar e não para responder a um pedido, ordem ou objetivo do adulto;
  • Organizar a criação de espaços para a brincadeira com a realização de atividades de expressão musical;
  • Valorizar nossa identidade cultural e resgatando seus contos, danças, cantigas músicas, brinquedos e brincadeiras;
  • A criação de brinquedos usando material de sucata;
  • Criação de instrumentos e objetos sonoros.
  • Contato com brinquedos sonoros, instrumentos regionais, artesanais, industrializados, pedagógicos etc.
  • Estímulo à apreciação de timbres, modos de ação e produção de sons
  • Atividades musicais que integram reprodução, criação e reflexão
  • Reflexão sobre o fazer e sobre o apreciar
  • Percepção das questões relacionadas ao som e a música inseridas em contextos de realizações musicais
  •   Integração entre áreas visando o favorecimento da construção do conhecimento de modo global, sem deixar de lado as questões específicas da linguagem musical
  • Inserção de projetos musicais em sintonia com o desenvolvimento total dos conteúdos trabalhados
  • Respeito à expressão corporal dos bebês e das crianças, estímulo à improvisação e à criação de movimentos, consciência corporal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário